fbq('track', 'ViewContent');
(48) 3241-4004 / (48) 99142-9094 [email protected] Nós te ligamos!
Pesquisar palavra exata
Search in title
Search in content
Search in comments
Search in excerpt
Search in posts
Search in pages
Search in groups
Search in users
Search in forums
Filter by Custom Post Type
Filter by Categories
Acessórios
Consignação
Curiosidades
Dicas
Financiamento
Lançamento
Manutenção
Notícias
Segurança no Trânsito
Sem categoria
Seminovos
Vender

Vai alugar carro? Confira 10 Dicas para se dar bem e ainda economizar

Vai alugar carro? Confira 10 Dicas para se dar bem e ainda economizar

Uma coisa nós já sabemos: ter em mãos carros que nos levam para qualquer lugar, sem precisar de muita programação, preocupação e altos investimentos é uma das melhores coisas da vida. Seja para viagens em família ou compromissos do dia a dia, alugar carro é uma opção ótima para economizar e aproveitar mais o passeio.

Mesmo com todos os benefícios, precisamos estar atentos! Se você estiver por dentro do assunto, pode evitar muitas pegadinhas e situações desagradáveis, desce acréscimos indevidos de valores no contrato, multas por desconhecer quais são as leis locais – no caso de viagem – e até furto de pertences deixados no veículo. Por isso, neste post vamos te dar algumas dicas para alugar carro sem muito transtorno e ainda economizar. Vamos lá?

DICA: Carros usados: quilometragem ideal para a melhor compra

1 – Saiba quando alugar carro e qual é a documentação necessária

02

Primeiro, você precisa identificar qual a real necessidade em procurar por este serviço. Avalie o seu roteiro, bem como a distância entre um trajeto e outro. Investigue como é a situação do transporte público no destino e se as vias são seguras e estão em boas condições, afinal, você não quer terminar a sua viagem cansado por dirigir demais, certo?

Outra dica valiosa é sobre a documentação. É necessário apresentar carteira de habilitação definitiva e válida. Se o documento estiver vencido, certamente o seu contrato não será finalizado. Ah, grande parte das locadoras exige que o locatário tenha idade superior a 21 anos.

2 – Procure alugar carro com antecedência

alugar carro

O ideal é você chegar ao destino com este item resolvido. Se antecipar, neste caso, garante um gasto menor e a certeza de que nada mais vai dar errado. Ao chegar na locadora, você precisará apenas assinar o contrato e pegar as chaves, em um processo que não vai demorar nem 20 minutos.

Uma dica importante se você quer economizar em alugar carros: lojas de aeroportos são sempre mais caras do que lojas de bairros e centros. Por isso, antes de viajar faça uma boa pesquisa em lojas mais afastadas e compare os valores.

3 – Verifique quais são as condições e vantagens do seu pacote

O contrato vai descrever exatamente o que está incluso no seu pacote de locação. Mas para estar por dentro dos seus direitos e deveres, fique atento às letras minúsculas que descrevem quais são as cláusulas que regem o serviço contratado.

Por exemplo, as locadoras de veículo em geral não se responsabilizam por objetos pessoais deixados no carro após a devolução, muito menos por infrações de trânsito cometidas durante o período de locação. Por isso, a importância em ler as condições gerais do seguro e termos e condições da locação.

Outra dica importante é verificar o estado do veículo antes de sair da loja. É importante fazer uma vistoria completa, desde a lataria até o nível de combustível. Se estiver alguma coisa errada, relate ao vendedor e solicite a troca do carro ou algum laudo por escrito.

4 – Calcule gastos com combustível

03

Bom seria se o valor para alugar um carro fosse só o que descreve os anúncios de locadores, certo? Mas, infelizmente, precisamos colocar em nosso orçamento gastos como combustível.

Existem três opções de abastecimento oferecidas para quem quer alugar um carro, são elas:

– Você retira o veículo com tanque cheio e devolve da mesma maneira. Assim, você não terá cobranças extras.

– A opção “tanque cheio”, onde o locador paga um valor determinado em contrato e não precisa se preocupar em abastecer na entrega.

– E a terceira opção, onde você não abastece e paga o valor do litro estabelecido pela locadora, para que a mesma providencie o abastecimento.

Se você gosta de carros, vai gostar de ler também: 15 peças de acessórios de carro com nomes bizarros: o que significam

O indicado é optar sempre em devolver o veículo com tanque cheio. Desta forma, você paga os valores praticados no mercado e arca com a despesa apenas do que consumiu. Quando seu passeio durar mais que dois dias, contrate seu veículo com quilometragem livre. Isso te dá muito mais liberdade e você ainda economiza.

5 – Seguro

Todas as locadoras de carro oferecem pacotes de seguro junto aos seus serviços. Nessa hora, não economize. Ao alugar um veículo, faça sempre o seguro completo do seu carro. Sua viagem certamente será muito mais tranquila e você não terá que desembolsar nenhuma quantia surpresa caso um imprevisto aconteça, somente a franquia mínima.

Ainda falando em segurança, não se esqueça de informar o condutor adicional. Essa é uma ótima opção para viajar longas distâncias com amigos ou família, facilitando o revezamento entre os motoristas, e garantindo a cobertura do seguro.

6 – Devolução

alugar carro 2

O passeio acabou e chegou a hora de devolver o veículo, para isso alguns detalhes precisam ser observados: o ideal é sempre devolver o carro na mesma agência que fez a locação, pois as taxas para entrega em unidades diferentes podem ser bem altas.

Outro detalhe que precisa ser observado ao alugar carro, são as condições de limpeza na hora da entrega. Sujeiras normais do dia a dia normalmente não são cobradas, no entanto, um carro com barro no estofado, manchas e líquidos derramados, impossibilitam o carro de ser imediatamente alugado para outra pessoa e nesse caso, será cobrada uma taxa específica para limpeza.

DICA: Evite gastos extras! O GPS pode ser incluso na locação mediante pagamento de uma taxa extra por dia, mas o valor do aparelho pode ser substituído, no caso de viagens internacionais, pela compra de um chip de internet para uso de aplicativos como Google Maps e Waze.

Esses aplicativos funcionam melhor do que os aparelhos de GPS disponibilizados pelas locadoras, que geralmente são modelos simples e podem travar.

Se você não digitar o endereço corretamente com o nome da cidade no final, também pode ter problemas, diferente do Waze, por exemplo, que em muitas vezes mostra até o nome do local do destino.

E você, tem alguma dica para quem quer alugar carro que gostaria de compartilhar com a gente? Deixe aqui nos comentários e ajude outras pessoas interessadas no assunto. Não esqueça de compartilhar nas suas redes sociais. Até mais!

Quem gostou disso, também curtiu:

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *